APARELHOS ORTODÔNTICOS:

OS DIFERENTES MODELOS E SUAS FUNÇÕES!

Quem usa aparelho ortodôntico sabe que ele acaba se tornando um acessório de beleza, assim como os óculos, por exemplo. De acordo com a vaidade de cada pessoa, a cor e modelo escolhidos fazem toda diferença. Os aparelhos podem ser prateados, coloridos ou até mesmo transparentes! No mercado temos inúmeros tipos para cada tipo de má oclusão (mordida), mas podemos genericamente dividir em aparelhos fixos e móveis (removíveis) que podem ter efeitos nos dentes (ortodônticos) e na estrutura óssea que sustenta os dentes (ortopédicos).

Tão discretos que ficam praticamente imperceptíveis no sorriso!

APARELHO FIXO METÁLICO ATIVO

É o tipo mais comum. Possui os famosos bráquetes, fios e as vezes bandas (anéis que envolvem os dentes dos fundos). Os dentes são “puxados/empurrados”, movendo-se gradualmente em direção à posição correta. Esse tipo de aparelho não permite a remoção, com isso, não depende muito da colaboração ou utilização por parte do paciente para obter resultados efetivos. Com esse aparelho se obtém movimentos precisos dos dentes, porém exigindo um maior cuidado na sua higienização. Os aparelhos fixos atuais estão muito mais anatômicos e confortáveis para a boca.

APARELHO FIXO ESTÉTICO

Possui a mesma função que o aparelho de metal: corrigir dentes tortos e desalinhados. Porém, esse modelo é feito de materiais estéticos que imitam a cor dos dentes, mantendo assim uma melhor estética quando comparado ao metálico. Os bráquetes são feitos, em geral, de policarbonato, porcelana ou safira. Além de discreto, eles não desgastam e proporcionam mais segurança e beleza ao sorriso do paciente. A procura por esse tipo de aparelho aumenta constantemente. É uma excelente opção para quem quer e precisa corrigir a má formação sem deixar de lado a estética e a aparência.

APARELHOS FIXOS AUTOLIGÁVEIS

São bem parecidos com os aparelhos fixos, sejam eles metálicos ou estéticos. A grande diferença é que não se utiliza as famosas “borrachinhas”. As ligaduras elásticas geralmente retém restos alimentares e causam mau hálito, além de riso maior às cáries e gengivites.

A grande vantagem dos bráquetes autoligáveis é que se utilizam fios “termoativados” que são encaixados diretamente nos braquetes, que possuem um fechamento com um simples clique (sem a necessidade dos uso das “borrachinhas”). O atrito e o desconforto são menores (se comparado aos bráquetes com ligaduras elásticas) e a velocidade do tratamento é bem mais favorável!

APARELHO LINGUAL

Esse aparelho também pode ser de metal ou porcelana. Os bráquetes são “colados” na parte interna dos dentes, ficando em contato com a língua, ou seja, os dentes escondem o uso do acessório. Sua funcionalidade é a mesma de um aparelho fixo. Uma vantagem é a estética e a proteção dos lábios numa possível batida da boca. Mas também existe desvantagem: ele pode machucar bastante a língua!

Os aparelhos linguais já foram alternativas no passado. Hoje com o avanço dos alinhadores praticamente não se indica mais a técnica lingual.

EXPANSOR PALATINO (MÓVEIS OU FIXOS)

Muita gente nem conhece, mas o expansor palatino é também um tipo de aparelho. Esse modelo promove um ganho transversal na largura do palato (céu da boca) sendo indicado em jovens para corrigir mordidas cruzadas, ou seja, quando a região posterior do arco superior estão estreitos em relação ao inferior, além de ganho de espaço para dentes anteriores apinhados. Explicando numa linguagem simplificada, ele serve para “abrir o céu da boca”. Para obter o mesmo resultado em adultos, muitas vezes é necessária uma intervenção cirúrgica. Por isso, insistimos na velha máxima de que quanto mais cedo for tratado, melhor. A procura do tratamento ortodôntico pelos pais para os seus filhos está cada vez mais consciente, seja pela indicação do odontopediatra ou pelo seu médico pediatra. Mas o bom é que não temos idade “máxima” para começar a correção, os adultos também se beneficiam com tratamentos mais eficientes e estéticos.

A higienização bucal é um aspecto que pode ser facilitado ao corrigir o posicionamento de seus dentes por meio do aparelho ortodôntico.

APARELHO MÓVEL / REMOVÍVEIS ATIVOS

Muito eficaz para crianças com ou sem dentição definitiva. Em geral, até aproximadamente 12 anos de idade é aconselhável esse tipo de aparelho. Explicando de uma forma bem simples, o aparelho móvel tem a função de

APARELHO MÓVEL/REMOVÍVEIS PASSIVOS (CONTENÇÃO)

São aparelhos que servem para manter os dentes na posição certa, por isso, ele é indicado após a retirada do aparelho fixo (ou aparelho móvel ativo) para conter o possível desalinhamento dos dentes. Mesmo que seja móvel, seu uso deve ser constante. Deixar de usá-lo regularmente pode prejudicar todo o resultado do tratamento alcançado.

Independentemente dos pacientes terem realizado o tratamento ortodôntico com aparelho fixo ou móvel, sempre indicamos o uso dos aparelhos que chamamos de CONTENÇÕES ORTODÔNTICAS.

APARELHO FIXO PASSIVO (CONTENÇÃO)

São aparelhos que servem para manter os dentes na posição certa, por isso, ele é indicado após a retirada do aparelho fixo (ou aparelho móvel ativo) para conter o possível desalinhamento dos dentes. Independentemente dos pacientes terem realizado o tratamento ortodôntico com aparelho fixo ou móvel, sempre indicamos o uso dos aparelhos que chamamos de CONTENÇÕES ORTODÔNTICAS. Não usar pode prejudicar todo o resultado do tratamento alcançado.

Sobre Nós

Diretor Técnico:

Registro da clínica: CL 9822
Responsável Técnico: Dr. Alex Yutaka Fukabori
CRO do Responsável Técnico: 82220
 
 
A Clínica Odontológica NIPODONTO conta com uma equipe profissional altamente qualificada, sempre atenta e sensível às suas necessidades, e compromissada com sua saúde, estética, anseios e expectativas, visando seu conforto, bem estar e um belo sorriso!

Entrar em Contato